Linha Nova
phone email

Conheça a Cidade / História

Facebook Pinterest Google Plus Twitter

História

A história de Linha Nova teve seu início com a chegada dos primeiros imigrantes alemães ao Brasil em 1824. Os fundadores foram colonos provenientes das ‘picadas’ antigas, como Estância Velha, Feitoria Velha, Dois Irmãos e Bom Jardim. Mais tarde, em 1845 e 1846, quando iniciou-se uma nova e poderosa fase na imigração no Brasil, estabeleceram-se em Linha Nova várias famílias e pessoas vindas da Renânia-Palatinado, especialmente do Hunsrück. Linha Nova ou ‘Picada Nova’, Neuschneis, em alemão - era uma picada no sentido norte-sul, suavemente incrustada entre vales e serras, coberta de espessas matas, fazendo divisa ao norte com a Colônia de Nova Petrópolis, ao sul com a Colônia de São José do Hortêncio, a leste com a Colônia de Picada Café e a oeste com a Colônia de Picada Feliz, hoje município de Feliz. Os lotes se encontravam transversalmente à direita e esquerda da picada original, a qual se transformou na principal rua da cidade hoje (Rua Henrique Spier).

História
História

Em 1847 foi fundada uma associação escolar que em 1850 inaugurou uma escola particular. Já em 1856 os colonizadores adquiriram meia colônia de terras (cerca de 24ha), na qual foram construídas uma igreja, uma escola e mais tarde a casa paroquial. Os colonizadores, na maioria de origem alemã, mantinham vivas as tradições e costumes da sua terra natal, inclusive surpreendendo o Pastor Heinrich Hunsche, no dia 01 de fevereiro de 1868, na ocasião da sua chegada em Linha Nova, quando recepcionaram-no com canções de sua terra cantadas pelo coral da comunidade.

A EMANCIPAÇÃO - LINHA DO TEMPO

06 de junho de 1990
1ª reunião para lançar a ideia da Emancipação. Formou-se uma Comissão Provisória para estudar a viabilidade;

28 de junho de 1990
2ª reunião, entre membros da Comissão Provisória;

08 de agosto de 1990
Assembleia com abaixo assinado em prol da Emancipação e eleição da Comissão Emancipacionista;

27 de agosto de 1990
Protocolado requerimento junto à Assembleia Legislativa requerendo Credenciamento da Comissão Emancipacionista;

31 de outubro de 1990
Credenciamento da Comissão Emancipacionista;

30 de novembro de 1990
Protocolado na Assembleia Legislativa requerimento de Plebiscito e encaminhada documentação referente à Emancipação;

06 de junho de 1991
Relatório da Comissão de Estudos Municipais da Assembleia Legislativa favorável ao Plebiscito;

10 de junho de 1991
Relatório da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa favorável ao Plebiscito;

17 de setembro de 1991
Lei Estadual nº 9.306 autoriza a realização do Plebiscito;

06 de novembro de 1991
Reunião da Comissão Emancipacionista e populares, com presença do Dep. Marcelo Mincarone e Adv. Arno Carrard;

10 de novembro de 1991
Realização do Plebiscito, com o seguinte resultado:
SIM = 704 votos
NÃO = 312 votos
BRANCOS = 15 votos
NULOS = 13 votos
TOTAL = 1.044 votos

20 de março de 1992
Lei Estadual nº 9.631, assinada pelo Governador Alceu Collares, cria o Município de Linha Nova.

Galeria de fotos

Emancipação

QUER SABER MAIS SOBRE A HISTÓRIA DE LINHA NOVA?

É só clicar no arquivo abaixo: